Arquivos da Categoria: Crazy About

29jun

Wish List: livros inspiradores

wishlistlivros

Outro dia precisei dar um presente para uma menina bacana em uma data especial. Eu amo presentear com livros, embora muitas vezes os meus filhos reclamem da minha originalidade (ou falta de): sempre livro ou jogo americano! Mas a verdade é que o sucesso costuma ser garantido. Como optei por livro dessa vez (acho que ela já tem a minha coleção toda de jogos!), decidi dar um pulinho na livraria e fazer uma curadoria de livros que me encantam e que passam uma mensagem sensível e especial, assim como a presenteada. Já valeu o passeio que foi uma delícia e fiquei com vontade de compartilhar por aqui, vez ou outra, minhas descobertas literárias. Em geral livros bacanas, modernos ou coloridos, sensíveis ou cheios de humor e sempre inspiradores. O presente fez um sucesso danado, espero que vocês gostem também!

1 – HISTÓRIAS DE NINAR PARA GAROTAS REBELDES – Elena Favilli e Francesca Cavalo. Esse é o primeiro da lista porque é de suspirar de tão lindo. Para todas as idades, daqueles que tem que ter! 100 histórias sobre 100 mulheres extraordinárias – de Cleopatra, Frida Kahlo à Serena Williams. Mulheres de diferentes nacionalidades, diferentes carreiras e estilos de vida. Ilustrado por 60 artistas do mundo inteiro. Para ler devagarinho e descobrir textos simples e histórias inspiradoras!

2 – MARY POPPINS ilustrado por RONALDO FRAGA – a história todo mundo conhece e é encantadora. Mas esta edição de 80 anos em especial é muito, muito linda. Sou fã absoluta do Ronaldo Fraga, um artista completo, sensível e brasileiro – fica muito claro isso no trabalho dele. As ilustrações são bordadas a mão em tecido e depois fotografadas, dá pra imaginar?

3 – O DIÁRIO DE ANNE FRANK EM QUADRINHOS – por Ari Folman e David Polonsky. Achei a ideia de transformar em algo mais visual, o texto tão rico da menina Anne Frank, que morreu no Holocausto, muito bacana e diferente. O livro original (o diário) foi  lançado em 1947 e desde então já teve várias edições e adaptação para teatro etc.

4 – PEQUENO DICIONÁRIO DE PALAVRAS AO VENTO – Adriana Falcão. Não tenho nem palavras para descrever tamanha graça e sensibilidade deste livro. É daquelas coisas que eu olho e sinto vontade de ter feito! Deixo ele na sala, para escolher uma palavra por sorte e de repente o cotidiano ganha outra cor. A Adriana escreveu significados mais gostosos e divertidos para um montão de palavras. Quer um gostinho?: IMAGINAÇÃO – todo filme que passa na cabeça da gente. LANTEJOULA – o que a mulher veste quando pretende ser lua naquela noite.  SÓ – você com uma porção de vocês em volta.

5 – PIPPI MEIALONGA – Astrid Lindgren com ilustrações de LAUREN CHILD. Eu amo as histórias da Pipi, uma menina sapeca e aventureira. Em todas as vezes que eu lia para os meus filhos, me surpreendia com a qualidade do texto e humor. Parece até brincadeira, mas ela me fazia rir e pegar mais leve comigo mesma, quando o cansaço do final do dia mais duas crianças pequenas  me deixavam com o humor bem duvidoso. Essa edição com as ilustrações da Lauren Child (Charlie e Lola, quem lembra?) é maravilhosa, daquelas para guardar pra sempre!

Quem quiser me contar do que gostou ou mandar alguma dica nova, será bem legal. Pretendo dividir aqui as dicas de livros não só infantis, mas de design, culinária, bobeiras e outros mais. Acho que eles é que estão me pedindo. Lá das estantes da sala, dos quartos, debaixo da cama e até do banheiro: compartilha!!!

 

27mai

Assumo: I love branding!

anos90

15

site

Em tempos de e-commerce – adorando explorar mais os dois lados do mercado online: como consumidora e fornecedora também – foi muito gostoso participar de uma feira como a BABYBUM, ter um contato pessoal com os clientes e sentir o que agrada mais, o que funciona e perceber a reação de encantamento dos que se identificam com a IDEIA DA LU!

Confesso que desde pequena o universo das marcas sempre me encantou, não só no sentido fútil ou apenas consumista, mas me fascinava – e ainda fascina – quando uma marca se comunica tão bem comigo que aquilo conta um pouco ao mundo sobre quem sou. A mochila emborrachada da COMPANY ou a mochila amarelo flúor da PAKALOLO, a necessaire rosa com cachorrinhos da TICKETS, os lápis da CRAYOLA, os tênis NEW BALANCE (que voltaram com tudo), as camisetas brancas da BANANA REPUBLIC, o moletom da HARD ROCK CAFÉ, os cartões e adesivos da HALLMARK são alguns exemplos de marcas que influenciaram muito a minha maneira de criar. Hoje em dia a OSKLEN (mil corações), STELLA McCARTNEY (ahhh), ADIDAS, NIKE, KIPLING, PINK definitivamente me estimulam. Isso não quer dizer que eu possuo ou que possuirei todos os seus produtos, mas aquilo me encanta e me inspira! Mais tarde descobri que além do que vendem, estas marcas trabalham de maneira fortíssima o seu BRANDING e em todos os detalhes comunicam perfeitamente “para o que vieram”. E isso me faz perder o fôlego!

Há pouco tempo participei de um workshop da Alê Garattoni sobre o assunto e desde então,  constantemente acesso seu site em busca de informação, leio livros a respeito e assumo cada vez mais que sempre quis ter a minha marca e comunicar através das cores e traços que escolho o universo que mora dentro de mim. E isso é uma delícia. Portanto ao montar o meu Stand desta edição da Babybum e olhar para aquilo com cara de loja ou ao acessar o meu site (e-commerce, tá bom!) é muito gostoso saber que do começo ao fim me preocupo em imprimir a mensagem que quero passar: IDEIA DA LU – MADE  WITH LOVE AND FUN! Tomara que você se identifique também!

Aproveito para agradecer a todos que foram buscar um pouquinho de inspiração e saíram carregados de sacolinhas da Babybum e lembrar que depois da feira estamos aqui na www.ideiadalu.com.br à sua espera.

Enjoy!

stand1

28jan

15 Coisas Inúteis que Você Não Sabe Sobre Mim.

 

Captura de Tela 2014-01-29 às 11.29.50

Garance Doré é uma ilustradora de moda que amo de paixão. Amo muitas coisas de paixão, sei disso. Seu trabalho, site e blog são pura inspiração para mim. Outro dia li um post dela cheio de curiosidades inúteis e pensei: se até ela se rende, o que tenho a perder? O título era: 25 coisas inúteis que você não sabe sobre mim. Achei uma maneira bem legal de descobrir suas particularidades sem precisar sentar na mesa ao lado e prestar atenção na conversa (adoraria fazer isso, mas seria difícil encontra-la por acaso em NY, ou não?) Você já reparou quantas coisas consegue descobrir sobre alguém simplesmente sentando na mesa ao lado? Então aqui vão algumas minhas, filtrei para 15, acho que tá bom né? Vai que você precisa pagar a conta e ir embora:

1 – Amo batata chips de vinagre e sal, daquelas de arder a língua de tão ácidas.

2 – De seis em seis meses mais ou menos, eu tenho um surto e mudo todos os objetos da casa de lugar. Meu marido já chegou no hall de casa e apertou outro andar achando que não era a casa dele por exemplo. Deixei bem claro que eu não mudo de marido.

3 – Eu lia Luis Fernando Veríssimo aos 7 anos e minha mãe achava que eu era uma gênia. Sorry mãe…

4 – Tenho mania de colecionar palavras que acho legais como POPPY SEED (semente de papoula) e BUBBLE GUM por exemplo.

5 – Minha memória é espetacular e até me assusta algumas vezes. Mas não consigo lembrar de qualquer cena em que eu fizesse lição de casa.

6 – Fico muito irônica ao me sentir cansada ou nervosa.

7 – Em minha primeira prova na escola, escrevi ABRIL ao invés de ABRIU a porta e fiquei muito brava por não tirar 10. Tenho até os 90 pra ficar menos crítica, ok? Depois disso levarei a vida numa boa.

8 – A Meryl Streep é a minha Beyonce. Quero chegar aos 60 pulando de bomba no mar como ela fez em Mamma Mia e já assisti pelo menos 20 vezes “SIMPLESMENTE COMPLICADO” só para me sentir na cozinha da Jane. Por causa disso descobri a receita de sorvete de lavanda. Ela é sempre minha personagem favorita.

9 – Presto atenção na conversa da mesa ao lado e ensaio respostas engraçadas a respeito.

10 – Na quarta série fiz uma redação tão bacana que a professora quis xerocar para todos. Me orgulho disso até hoje.

11 – Eu e outra amiga fomos as primeiras da turma a experimentar cigarro aos 13. Depois levamos uma por uma para experimentar também. Mas nunca tive vocação para fumante.

12 – Amo comprar calcinhas e cuecas para os meus filhos (para mim também mas as deles são mais baratas).

13 – Quando cozinho um bolo, na hora de ir ao forno faço um pedido e desejo coisas boas. Fiquei com vergonha de revelar essa, mas adoro rituais.

14 – Eu tomo banho à luz de velas pelo menos uma vez por semana. Nem pense numa cena luxuosa, é que o escuro me traz a paz que eu preciso.

15 – Gosto de escrever bobagens. Gosto de observar as particularidades bobas do mundo. Eu acho graça em detalhes.

Agora é com você. Tente. É muito legal e mais barato que terapia. Depois me conte alguma?

Aqui o link se você quiser espiar a Garance, será que somos parecidas? http://www.garancedore.fr/en/2013/12/17/25-things/

Captura de Tela 2014-01-29 às 11.29.05

10dez

We wish you a MERRY CHRISTMAS and a HAPPY NEW YEAR!

moldurabolas

 

moldurabolas1

 

moldurabolas2

Apesar do meu trabalho ser voltado para o público infantil, quando produzi alguns quadrinhos para quartos de crianças eles bombaram na feira BABY BUM. Alguns foram para as crianças mesmo, mas muuuuitos foram para ambientes bem mais crescidinhos! Por isso aproveitei e  criei uma leva divertida para agradar os “mais jovens” também

Deixa eu explicar: os quadrinhos tem um tamanho super bacana para presente: 20x25cm ou 20x20cm. São impressos em vinil, o que deixa a cor forte e alegre, do jeito que eu gosto, e são colados a uma placa de acrílico que você pode pendurar na parede (com fita dupla-face) ou deixa-los na mesa de centro por exemplo. Não precisa de moldura, são super versáteis e agradam sim a gregos e troianos! AH, sou louca por eles!

Valores? Saem por R$45,00 + frete. Quase impossível levar um só!

Para encomendas só me mandar um e-mail no lu@ideiadalu.com.br e combinamos a entrega, ok?

Te aguardo!

+amor  realejo2     doce1

 

 

05nov

Maira Kalman

maira

Adoro pessoas que escrevem bem. Adoro pessoas que escrevem com humor. Adoro pessoas que escrevem.

E se a pessoa além de escrever, desenhar? Imediatamente entra no meu hall da fama.
E se a pessoa for a autora, ilustradora e designer Maira Kalman?
Eu morro de amores!
Nascida em Israel e radicada em NY, já ilustrou diversos livros infantis e adultos, capas de revistas importantes, exposições, vitrines etc.
Mas o trabalho o qual mais gosto é a antiga coluna online no The New York Times transformada no livro “The Principles of Uncertainty” – um mix de registros do dia a dia e  questionamentos pessoais, tão cheio de sensibilidade e humor – um deleite. Quase como ouvir a conversa da mesa ao lado e fazer analogias, eu tenho essas manias!
Maira é dona de um traço lindo, suave e colorido e observações hora sensatas, hora quase neuróticas, carregadas de humor judaico (ops, uma identificação?). Mistura o desenhar e o escrever da melhor maneira que conheço.
Me faltam palavras para descrever o seu trabalho.
Beijos Maira, sou tão sua fã!
Aqui o link para o  TED Talk que ela participou – uma delícia!
Capas Revista New Yorker

Capas Revista New Yorker

princ.1

14out

Colour Me Good

Quando fiz a reforma da minha casa, no ano passado, a primeira coisa que pensei foi: quero uma mesa beeem comprida para mil e uma utilidades! A partir daí foi feito o resto do projeto. Ok, eu já tinha segundas intenções. Gosto muito de cozinhar, me relaxa, me desperta, me aguça os sentidos. Vivo inventando jantares, cafés e afins. Tenho ascendente em câncer, portanto não tem jeito: gosto da mesa cheia, amigos e família por perto.

Mas ao pensar em uma mesa grande também tinha outra cena em mente: canetinhas+lápis+livros de colorir. Minha mesa tem 3 metros de comprimento (sou super exibida com ela, é meu orgulho) e na real somos em 4 na família, portanto separei um cantinho para trabalhar e para quando bate a vontade de colorir. Vira e mexe é essa a cena lá em casa: sonzinho na caixa, canetinhas e livros espalhados, cada um escolhe o seu. Todos gostam e reparei que é uma maneira de as crianças relaxarem também. Descobri cada livro legal, para adultos, crianças, fashionistas, para todos os gostos. Abaixo, alguns que já estão na minha estante e outros que estão na minha mira, quem sabe você não se anima também?

colour

colorir

colourmegood

 

* My Wonderful World of Fashion – by Nina ChakrabartiAmazon e Livraria Cultura

* Coleção Colour me Good – by Mel ElliottAmazon – vale fuçar o site dela q é demais!

* Risque, Rabisque, Desenhe e Pinte – Ed. Usbornelojas Saraiva

* Color me Drunk – Potter StyleAmazon