17dez

2015: fechando para balanço.

Captura de Tela 2015-12-17 às 13.15.22

Condições climáticas 2105: fortes tempestades com pedras de granizo.

Chances de sobrevivência:100%   Sem perder a bossa: 50% – done!

Gratidão: todas as pessoas que tenho hoje em minha vida.

De cair o queixo: amigos, compaixão e generosidade.

Aprendizado: é preciso revisar o ar condicionado do quarto a cada três meses.

Especialidade da casa: crumble de maçãs e almôndegas picantes – imbatíveis.

Dinheiro mais bem investido: terapia, puuuutz…

Escrito pra mim: “Peça licença mas entre” – levarei pra sempre.

Mudança climática drástica: comunicar com objetividade e delicadeza – done.

Frase mais dita: “Em 10 minutos os dois para o banho”.

Um amor: Spotify.

Uma vergonha: minhas playlists – Menina veneno, nem te conto….

Sempre na bolsa: todos os batons que passei a manhã toda procurando em casa.

Necessidade básica: Astor com as amigas.

Força do hábito: chorar muito.

Amor maior: família.

Grande conquista: um escritório com janelão para Al. Lorena – minha NY!

Trabalho: expressão, cor e vida.

Maturidade: se gostar mais aos 36 que aos 18 – ou será falta de bom senso?

Pessoa predileta: minha avó.

And the Oscar goes to: Alex – sempre.

Destaque cultural: apresentação de ballet da Maya.

Me desarma em menos de 2 minutos: as covinhas do Tomy.

Uma alegria: os R$150,00 que encontrei ontem na bolsa antiga.

Luxo absoluto: andar na rua segurando um copo de café.

Palavra do ano: TERNURA.

Não perdi: senso de humor, liberdade e doçura.

Perdi horas: rindo muito com piadas no Instagram/whatsapp (no fundo, ganhei horas).

Vícios: Instagram, leitura, Nakka e sorvete de pistache.

Toc adquirido: passar fio dental muitas vezes ao dia.

Solução para todos os problemas: Emoji.

Meta atingida: gastar tubos no cabelereiro e permanecer loira.

Meios de transporte preferidos: os pés e a mente.

Constatação: eu acho graça  em detalhes (os mais bobos).

Aceitação: ser louca e sã quase na mesma proporção.

2015 em uma frase: “Hay que endurecerse, pero sin perder la ternura jamás”

Sentimento dominante: GRATIDÃO

All I need is: férias.

Enfim, foi o ano em que perdi a minha avó. Para mim ela era invencível. Dentro de mim sempre será. Pode vir 2016, pensando bem me sinto bem pronta para você!

Love,

Lu

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>