Arquivos da Categoria: Esquisitices

04dez

Reflexões sobre 2014 antes dos 35!

amen

Ao mexer hoje no www.ideiadalu.com.br , aproveitei para fazer um pequeno-grande balanço sobre o meu ano de trabalho. A princípio era só pra colocar no caderno, mas achei bonitinho e quis postar:

Participei de 4 cursos online e 2 cara a cara. Li pelo menos 10 livros sobre temas entre branding, negócios e design, mais diversas matérias a respeito e me descobri apaixonada por conceito de marcas e histórias sobre o desenvolvimento das pessoas, posso passar horas falando a respeito – não se preocupe, não farei isto. Aprendi a dizer e-commerce ao invés de loja virtual e me senti tão antenada. Consegui distinguir as pessoas que gosto de pedir e ouvir conselhos. Fiz um vídeo em Rosh Hashaná que teve quase 100 compartilhamentos e percebi que a internet é f….. Entendi que preciso do meu trabalho para canalizar minha sensibilidade exacerbada e que meu marido é um grande ponto de equilíbrio. Aceitei construir o meu caminho profissional com muita intuição (já briguei bastante com isso), mas números…por favor, alguém faça alguma coisa com isto?! Entendi que tenho uma maneira muito própria de aprender e absorver as coisas, que posso passar uma madrugada inteira lendo sobre algum assunto que me interesse e aplicar da maneira mais original possível e então me dei conta do porquê não fui uma grande aluna na escola. Criei mais 10 produtos e fiquei surpresa e orgulhosa ao ver todos juntos se exibindo pra mim! Participei de duas feiras bacanas mesmo com medo. Aprendi a me expor mais e aceitar melhor elogios. Entendi que ver a reação de encantamento das pessoas que gostam do meu trabalho é meu maior combustível (obrigada!). Percebi que coloco uma pegada de humor em tudo que faço e que quando acham graça no que faço com graça eu me desarmo toda! Perdi preconceitos a respeito da comunicação virtual, fiz vários contatos bacanas, trocas e parcerias. Tá bom, sou viciada em instagram mas é melhor do que o vício em carboidrato, vai? Saquei que mulheres autônomas e empreendedoras é uma grande tendência. Estou aprendendo que a persistência é a alma do negócio. Percebi que ser gentil com as pessoas me faz feliz e prometi não deixar a correria do dia a dia levar isto de mim. Compreendi que por mais profissional que eu tente ser, tem que fazer sentido no coração para funcionar. Me dei conta de que montar a minha rotina de trabalho é muito bom, que sorrio toda vez ao entrar no Café Suplicy e que trabalho + café andam sempre juntos. Assumi ser 100% urbana, que preciso de poluição visual e gente andando na rua e que minha paisagem preferida é olhar o mundo de dentro do Central Park (tá, eu ainda não conheço a Grécia). Aprendi a escrever minhas metas, a curto, médio e longo prazo, e reler todos os dias. E falando em rotina, theeverygirl , alessandragarattoni, abeautifulmess : com vocês meu café da manhã é incrível. Que ver os olhinhos de orgulho dos meus filhos me enche de amor sempre. E que não importa a idade, a aprovação dos pais sempre conforta, mesmo aos quase 35. E também que ser caçula não quer dizer que sou pequena (não mais!). Consegui escrever um texto todo sem usar aspas e me dei conta de que são sete e meia da noite e meus filhos não jantaram, talvez um deles até já adormeceu.

Aprendi a me sentir muito, muito grata por ter uma alma sensível e observadora e ser capaz de transformar isso em coisas belas!

Enfim, um grande ano.

2105: espero ainda mais de você e de mim!