Arquivos da Categoria: Esquisitices

14abr

Pode usar o Lavabo

lavabo

Seria de bom tom, no meu casamento civil, o juíz acrescentar a seguinte pergunta ao meu marido: “Ela preencherá todas as paredes da casa com quadros, papeis, fotos, capas de livro e coisas estranhas, aceita?”

E se a resposta fosse positiva: “Eu o declaro um maluco total.”

A verdade é que sou 100% movida a estímulos visuais, sensoriais e “literais” (não se preocupe, deixei isso claro antes de casar). Tenho costume de recortar ou xerocar textos, imagens e passagens, de livros, revistas, propagandas, cartazes –  cenas ou mensagens interessantes e que acredito que me serão úteis – mesmo que daqui a 10 anos. Uma pasta bem recheada de esquisitices bacanas.

Mas já se foi o tempo de enfeitar capas de agendas. As paredes dos outros ambientes andam bem acompanhadas. Portanto a vítima escolhida foi ele: O LAVABO – com uma parede todinha em cinza claro olhando pra mim, justo eu, que adoro quando os banheiros de restaurantes, bares ou lojas são interessantes e me fazem rir, pensar ou contemplar (Para cariocas de plantão o banheiro do T.T. Burguer é demais, assim como toda a comunicação visual da lanchonete – pauta para outro post!) iria deixa-lo assim?

Fucei um montão de referências no Pinterest – meu melhor amigo para assuntos inspire-se já ou cale-se para sempre – abri minha pastinha e colei um pouco do que me fez rir no momento:

Iris Apfel – rainha mór da excentricidade e dona da frase: “MORE IS MORE AND LESS IS BORE” que amo!.

Woddy Allen – porque o Woody é o Woody!

Steve Jobs – para lembrar que ainda estou na terceira parcela do Iphone 6 e que dá pra ser gênio nessa vida trabalhando da garagem.

um dos melhores títulos de livro que conheço: Are you there Vodka? It’s me Chelsea – da comediante e apresentadora Chelsea Handler (não li o livro, fiquei com medo do conteúdo não ser tão bom quanto o título).

crônicas da Martha Medeiros – para se pensar um pouco na vida e também porque ela trouxe a expressão MUNDANO para o meu vocabulário e tenho usado que nem louca nos últimos 30 dias.

Aqui um pouquinho das referências que fucei – adoro essa ideia de brincar de moldura com as fitas adesivas modernetes. Vai que você se inspira também?! Agora se o juíz perguntar….

parede1

parede2

1 – Trendenser  2- 100layercake 3 – Entermyattic  4 – Bazaar

Mais um pouquinho no meu Pinterest – Paredes

 

 

04dez

Reflexões sobre 2014 antes dos 35!

amen

Ao mexer hoje no www.ideiadalu.com.br , aproveitei para fazer um pequeno-grande balanço sobre o meu ano de trabalho. A princípio era só pra colocar no caderno, mas achei bonitinho e quis postar:

Participei de 4 cursos online e 2 cara a cara. Li pelo menos 10 livros sobre temas entre branding, negócios e design, mais diversas matérias a respeito e me descobri apaixonada por conceito de marcas e histórias sobre o desenvolvimento das pessoas, posso passar horas falando a respeito – não se preocupe, não farei isto. Aprendi a dizer e-commerce ao invés de loja virtual e me senti tão antenada. Consegui distinguir as pessoas que gosto de pedir e ouvir conselhos. Fiz um vídeo em Rosh Hashaná que teve quase 100 compartilhamentos e percebi que a internet é f….. Entendi que preciso do meu trabalho para canalizar minha sensibilidade exacerbada e que meu marido é um grande ponto de equilíbrio. Aceitei construir o meu caminho profissional com muita intuição (já briguei bastante com isso), mas números…por favor, alguém faça alguma coisa com isto?! Entendi que tenho uma maneira muito própria de aprender e absorver as coisas, que posso passar uma madrugada inteira lendo sobre algum assunto que me interesse e aplicar da maneira mais original possível e então me dei conta do porquê não fui uma grande aluna na escola. Criei mais 10 produtos e fiquei surpresa e orgulhosa ao ver todos juntos se exibindo pra mim! Participei de duas feiras bacanas mesmo com medo. Aprendi a me expor mais e aceitar melhor elogios. Entendi que ver a reação de encantamento das pessoas que gostam do meu trabalho é meu maior combustível (obrigada!). Percebi que coloco uma pegada de humor em tudo que faço e que quando acham graça no que faço com graça eu me desarmo toda! Perdi preconceitos a respeito da comunicação virtual, fiz vários contatos bacanas, trocas e parcerias. Tá bom, sou viciada em instagram mas é melhor do que o vício em carboidrato, vai? Saquei que mulheres autônomas e empreendedoras é uma grande tendência. Estou aprendendo que a persistência é a alma do negócio. Percebi que ser gentil com as pessoas me faz feliz e prometi não deixar a correria do dia a dia levar isto de mim. Compreendi que por mais profissional que eu tente ser, tem que fazer sentido no coração para funcionar. Me dei conta de que montar a minha rotina de trabalho é muito bom, que sorrio toda vez ao entrar no Café Suplicy e que trabalho + café andam sempre juntos. Assumi ser 100% urbana, que preciso de poluição visual e gente andando na rua e que minha paisagem preferida é olhar o mundo de dentro do Central Park (tá, eu ainda não conheço a Grécia). Aprendi a escrever minhas metas, a curto, médio e longo prazo, e reler todos os dias. E falando em rotina, theeverygirl , alessandragarattoni, abeautifulmess : com vocês meu café da manhã é incrível. Que ver os olhinhos de orgulho dos meus filhos me enche de amor sempre. E que não importa a idade, a aprovação dos pais sempre conforta, mesmo aos quase 35. E também que ser caçula não quer dizer que sou pequena (não mais!). Consegui escrever um texto todo sem usar aspas e me dei conta de que são sete e meia da noite e meus filhos não jantaram, talvez um deles até já adormeceu.

Aprendi a me sentir muito, muito grata por ter uma alma sensível e observadora e ser capaz de transformar isso em coisas belas!

Enfim, um grande ano.

2105: espero ainda mais de você e de mim!

28jan

15 Coisas Inúteis que Você Não Sabe Sobre Mim.

 

Captura de Tela 2014-01-29 às 11.29.50

Garance Doré é uma ilustradora de moda que amo de paixão. Amo muitas coisas de paixão, sei disso. Seu trabalho, site e blog são pura inspiração para mim. Outro dia li um post dela cheio de curiosidades inúteis e pensei: se até ela se rende, o que tenho a perder? O título era: 25 coisas inúteis que você não sabe sobre mim. Achei uma maneira bem legal de descobrir suas particularidades sem precisar sentar na mesa ao lado e prestar atenção na conversa (adoraria fazer isso, mas seria difícil encontra-la por acaso em NY, ou não?) Você já reparou quantas coisas consegue descobrir sobre alguém simplesmente sentando na mesa ao lado? Então aqui vão algumas minhas, filtrei para 15, acho que tá bom né? Vai que você precisa pagar a conta e ir embora:

1 – Amo batata chips de vinagre e sal, daquelas de arder a língua de tão ácidas.

2 – De seis em seis meses mais ou menos, eu tenho um surto e mudo todos os objetos da casa de lugar. Meu marido já chegou no hall de casa e apertou outro andar achando que não era a casa dele por exemplo. Deixei bem claro que eu não mudo de marido.

3 – Eu lia Luis Fernando Veríssimo aos 7 anos e minha mãe achava que eu era uma gênia. Sorry mãe…

4 – Tenho mania de colecionar palavras que acho legais como POPPY SEED (semente de papoula) e BUBBLE GUM por exemplo.

5 – Minha memória é espetacular e até me assusta algumas vezes. Mas não consigo lembrar de qualquer cena em que eu fizesse lição de casa.

6 – Fico muito irônica ao me sentir cansada ou nervosa.

7 – Em minha primeira prova na escola, escrevi ABRIL ao invés de ABRIU a porta e fiquei muito brava por não tirar 10. Tenho até os 90 pra ficar menos crítica, ok? Depois disso levarei a vida numa boa.

8 – A Meryl Streep é a minha Beyonce. Quero chegar aos 60 pulando de bomba no mar como ela fez em Mamma Mia e já assisti pelo menos 20 vezes “SIMPLESMENTE COMPLICADO” só para me sentir na cozinha da Jane. Por causa disso descobri a receita de sorvete de lavanda. Ela é sempre minha personagem favorita.

9 – Presto atenção na conversa da mesa ao lado e ensaio respostas engraçadas a respeito.

10 – Na quarta série fiz uma redação tão bacana que a professora quis xerocar para todos. Me orgulho disso até hoje.

11 – Eu e outra amiga fomos as primeiras da turma a experimentar cigarro aos 13. Depois levamos uma por uma para experimentar também. Mas nunca tive vocação para fumante.

12 – Amo comprar calcinhas e cuecas para os meus filhos (para mim também mas as deles são mais baratas).

13 – Quando cozinho um bolo, na hora de ir ao forno faço um pedido e desejo coisas boas. Fiquei com vergonha de revelar essa, mas adoro rituais.

14 – Eu tomo banho à luz de velas pelo menos uma vez por semana. Nem pense numa cena luxuosa, é que o escuro me traz a paz que eu preciso.

15 – Gosto de escrever bobagens. Gosto de observar as particularidades bobas do mundo. Eu acho graça em detalhes.

Agora é com você. Tente. É muito legal e mais barato que terapia. Depois me conte alguma?

Aqui o link se você quiser espiar a Garance, será que somos parecidas? http://www.garancedore.fr/en/2013/12/17/25-things/

Captura de Tela 2014-01-29 às 11.29.05